sexta-feira, 23 de novembro de 2007

Configuração Acromial

Bigliani descreveu as formas do acrômio e sua relação com a superfície superior da cabeça umeral, observada em radiografias com incidência em "Y" e em imagens sagitais à ressonância magnética. O tipo I é o acrômio com superfície inferior plana. O tipo II tem concavidade que acompanha a convexidade da cabeça umeral. O tipo III possui um esporão na porção anterior do acrômio que se projeta inferiormente. O tipo IV é um acrômio com a superfície inferior convexa.
A maior importância dessa classificação é a redução da distância entre o acrômio e o úmero nos tipos III e IV, sendo uma das principais causas de compressão do ombro e conseqüentemente aumentando as possibilidades de lesão do tendão supra-espinal. A porção antero-inferior do acrômio localiza-se imediatamente acima da zona crítica desse tendão (área hipovascular mais predisposta a lesões).
Pode haver dúvida sobre a existência de esporão subacromial. Nas imagens em ressonância magnética, o tendão do deltóide e a inserção do ligamento córaco-acromial podem mimetizar um esporão. Contudo, o esporão deve possuir uma projeção da medula óssea (hiperssinal em T1), ao contrário das outras duas estruturas citadas.

Além dessas configurações observadas em imagens sagitais, há outras características anatômicas do acrômio a serem analisadas em imagens coronais. Em condições anatômicas normais, o acrômio está orientado horizontalmente em relação à clavícula. Entretanto, pode haver uma "situação baixa", quando o a face inferior do acrômio está situada mais caudalmente à da clavícula, ou uma "inclinação ínfero-lateral", quando a porção lateral do acrômio inclina-se caudalmente.
Essas duas condições também aumentam o risco de lesão do tendão do supra-espinal.

Fonte: Kaplan (Ressonância Músculo-Esquelética)

9 comentários:

Anônimo disse...

tendinose não tem cura?Fiz uma ressonância que costatou a doença apesar de ter dado em outo exame como no ultrasson,tenho 31 anos estou afastada do trabalho a 5 anos e sinto dores horríveis,o que fazer no meu caso ja q para digitar ess pequeno trecho levei 40 minutos por conta das dores que são intensas.obrigada.

Anônimo disse...

Tem cura sim, procure um médico decente. Fuja daqueles indicados pelo sindicato para dar atestados e licenças.

Anônimo disse...

tenho acromio tipo 2 de bigliani isso tem cura o q e isso?

Anônimo disse...

Tenho 29 anos e estou afastada do meu trabalho há 6 meses. Já fiz acromioplastia no ombro esquerdo devido a fortes dores e depois de ter feito mais de 6 meses de fisioterapia sem resultado positivo. A agora fiz uma RM do ombro direito que também sinto dores e a conclusão foi "Sinais de tendinose do supra espinhoso e subscapular, sem evidências de roturas associado. Acrômio tipo IV de Bigliani com discreta inclinação inferior nos planos coronais. Demais aspectos Normais." Diante deste laudo é necessario fazer cirurgia novamente so que do ombro direito?

Anônimo disse...

oi venho sentindo dores em meus ombros ha quase 12 anos, ja passei por quase todos os ortopedista da minha cidade e alguns me falaram que eu teria que me acostumar com as dores,agora fiz uma ultrassonografia e deu o seguinte...pegueno entesófito incipiente na inserção do supraespinal.me mandaram fazer fisioterapia mas acho que não vai adiantar muito ,vcs tem algum remedio ou outra opição de exame,por favor eu não aguento mas de dor no meu ombro.obrigada

Anônimo disse...


Gostaria que o anônimo II me indicasse um médico "decente", haja vista que já fui operado quatro vezes por cirurgiões de ombro referenciados e hoje estou com o ombro congelado.

Anônimo disse...

Fui diagnostica com acrômio tipo 2 bigliani,o que seria isso? É uma doença, pois, fraturei minha clavícula a muitos anos, seria devido a isso?

Anônimo disse...

tenho acrômio tipo 1 de bigliane..meu ombro não tem engrenagens..ele para ...alterações degenerativas ;;e lesão no glenoide...doi bastante...

christiane defante disse...

Poxa isso é uma droga.